Família Acolhedora voltará a funcionar em Iguaba Grande

A Prefeitura Municipal de Iguaba Grande, por meio da Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Renda, retomará o Programa Família Acolhedora no ano de 2023. O objetivo deste serviço é organizar o acolhimento de crianças e adolescentes afastados de suas famílias por medidas de proteção, em residência de famílias cadastradas.

A família acolhedora irá receber temporariamente a criança ou adolescente que necessita ser afastado da sua família de origem devido a alguma violação de direito. Após a devida avaliação será determinado se a criança retornará à família ou será encaminhada para adoção.

O programa possui uma equipe técnica composta por psicólogo e assistente social, que são responsáveis por cadastrar, capacitar e acompanhar as famílias acolhedoras. O objetivo é que a família esteja preparada para receber esta criança ou adolescente. 

A família que desejar acolher em sua casa deverá cumprir os principais requisitos:

  • Apresentar toda a documentação requerida;
  • Residir em Iguaba Grande há mais de dois anos;
  • Ser maior de 21 anos, mantendo uma diferença de idade, no mínimo, de 16 anos entre o acolhedor (família acolhedora) e o acolhido (criança/adolescente);
  • Possuir disponibilidade para participar do processo de habilitação e das atividades do serviço;
  • Existir concordância de todos os membros da família acolhedora com o acolhimento, incluindo os filhos;
  • Não poderá estar inscrita no cadastro de adoção;
  • Não poderá manifestar interesse por adoção da criança ou adolescente participante do serviço da família acolhedora.

Atualmente o programa se encontra na fase de reestruturação de serviços, no qual os profissionais estão passando por capacitação e, em breve, retornará ao funcionamento, para então ocorrer o chamamento das famílias. Para que uma família participe, será realizado um cadastro e, caso se enquadre nos requisitos, passará pelo processo de capacitação pela equipe técnica.

“É muito importante trazer este programa de volta à ativa, é mais uma conquista para a nossa cidade. Estamos trabalhando para capacitar toda a equipe, visando alcançar um serviço de qualidade para essas crianças e adolescentes, garantindo seus direitos.” Disse a secretária de Assistência Social, Trabalho e Renda, Cláudia Souza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha Plus loading...

NOTÍCIAS RELACIONADAS