Árbitra de Iguaba Grande participa de final do Campeonato de Beach Soccer, no Rio de Janeiro

Pela primeira vez uma final de campeonato foi arbitrada por três mulheres, sendo, uma delas, Natascha Ferreira de Souza, moradora de Iguaba Grande

Iguaba Grande entrou para a história da arbitragem nacional, após a árbitra Natascha Ferreira de Souza, moradora da cidade, integrar a equipe feminina que apitou a final do Brasileirão feminino de Beach Soccer, na última semana, disputado no Parque e Centro Esportivo Santos Dumont, em Recife. Essa é a primeira vez que três mulheres apitam juntas uma final de competição no estado do Rio de Janeiro. 

Natasha tem 32 anos, é formada em Educação Física e atua como árbitra de Beach Soccer há 10 anos. Sua trajetória profissional iniciou apitando o torneio Fest Verão, que acontece em São Pedro da Aldeia. A árbitra também já apitou três finais do Campeonato Carioca de Beach Soccer, pela Federação do Rio de Janeiro.

“É uma realização muito importante pra mim, diante de todas as dificuldades que enfrentamos, não só de vida pessoal para estarmos nos eventos, mas de preconceitos que muitas vezes sofremos dentro do esporte. Chegar a uma competição com essa importância e fazer história no esporte, mostra que cada dia mais, as mulheres estão buscando o seu espaço e provando que somos muito capazes. Declarou Natasha.

Participaram da competição junto com Natasha as as árbitras Paula Madeira, única mulher da América Latina a estar no quadro de arbitragem da FIFA e Fabiana Soares, do Distrito Federal, pertencente ao quadro da Confederação de Beach Soccer do Brasil (CBSB). O quarteto de arbitragem foi completado pelo cronometrista Flávio Cléber, de Pernambuco, também do quadro da CBSB.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha Plus loading...

spot_imgspot_img

Publicidade Institucional

Mais acessadas

NOTÍCIAS RELACIONADAS